terça-feira, 6 de setembro de 2011

T2 para um e meio: Da próxima vez que me perguntarem se foi difícil ser mãe aos 17

Vou lembrar-me da dor da miúda que, aos 22 anos, fez uma interrupção voluntária da gravidez e nunca mais sorriu. Isso sim, deve ser difícil.

Pelo menos a minha escolha diz-me todos os dias que sou a melhor mãe do mundo. E eu acredito.

2 comentários:

ombemua disse...

Que bom!
E' muito bom sermos mimados pelos nossos!

Baci*

AP disse...

Fogo...essa expressão "nunca mais sorriu" é muito forte.
A 2ª parte é linda:
"Pelo menos a minha escolha diz-me todos os dias que sou a melhor mãe do mundo. E eu acredito."

Beijinhos para os dois :)