quinta-feira, 2 de julho de 2009

Já dizia a outra...

O meu amor me deixou, levou minha identidade...

1 comentário:

Ana Patrícia disse...

Ah, se eu fosse marinheiro
Era eu quem tinha partido
Mas meu coração ligeiro
Não se teria partido

Beijinhos