segunda-feira, 28 de setembro de 2009

Hoje choro.

Às 9 da manhã a minha chefe, que está à frente de uma das maiores e mais importantes empresas de comunicação, chama-me à sala de reuniões.
Apercebe-se de que preciso de consolo. Está preocupada. Qual é a chefe que se apercebe disso e gasta 20 minutos do seu tempo precioso a ajudar-me a lidar com a vida? Eu não sei, mas fiquei, certamente, apaixonada por ela.
Por isso, hoje choro porque há gente boa. Hoje choro porque há gente que me quer bem, ainda que não me conheça de lado nenhum. Hoje choro porque o abraço veio de quem menos esperava. Hoje choro porque o beijinho foi sentido. Hoje choro porque faço as pazes com a humanidade.
Trabalhar ali é desesperante, por vezes. Mas obrigada por isso, chefe. Obrigada por me fazer recuperar um pouquinho de mim.

1 comentário:

Ana Patrícia disse...

Adorei :)
Ainda bem que ainda há pessoas assim. Grande chefe mas acima de tudo grande Mulher ;)
Mereces ter pessoas assim à tua volta. Um gesto muito bonito e que merece ser elogiado porque faz-nos ver que ainda há esperança no meio da "correria" e "indiferença" das pessoas, ou melhor de algumas pessoas. Gostei muito :)