quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Concentremo-nos no melhor da vida...

Não é fácil trabalhar na Avenida. Não, não é: passar o dia a ouvir a música da carvalhesa (e a aturar velhos comunistas, quando ousei a entrada naquele covil). Os carros a buzinar, os estrangeiros que não atam nem desatam, os atropelamentos de amigos...

...e depois há a Lanidor e a Mango, o Parque Mayer e os seus concertos a 5 euros, o Maxime e as suas diversões que recomeçam dia 4, o São Jorge e o MOTELx, a baixa lisboeta, o Chiado e o delicioso leite perfumado...

E disso é que eu gosto!

1 comentário:

Ana Patrícia disse...

É sem dúvida alguma uma zona bastante agradável! Embora já não tenha de ir para essa zona todos os dias confesso que quando posso vou matar as saudades. E é tão bom percorrer a Avenida fazendo as tais paragens obrigatórias até chegar ao Chiado... ou avançar a partir daí.
Aproveita ;)
Bons passeios e boas compras ;)