terça-feira, 8 de dezembro de 2009

24 frames e faço um segundo

Recordo o passado por frames, como se fossem momentos estáticos. Nem sequer sei se o conjunto que guardo na cabeça faria sentido, se juntasse frame a frame. Sei sim que, quando me decido a fazê-lo, dão uma espécie de «qualquer coisa».
Escolha-se um momento especial por ano e, aos 25 anos, o filme da minha vida já tem um segundo completo. Reflectindo...


Não seria musical, mas teria banda sonora.
Quando o som surge, é sempre num momento pertinente. Porque às vezes exigo silêncio, quando a música me dói. E às vezes exigo uma orquestra inteira. Sempre que a música me emociona.

Teria monotonia, mas seria a cores.
Porque cor é luz, e eu gosto de luz. Mesmo na noite, quero luz. Preciso de absorver o brilho das pessoas para conseguir reflectir o meu próprio brilho.

Teria sensualidade, mas não seria um filme de amor.
Do conjunto de 24 frames, sobrariam momentos de desamor propositado e de desencontros calculados, embora também se encontrem momentos que provocariam suspiros aos espectadores mais apaixonados.

Teria acção. Dançada.
Porque há muita luta, mas sempre com movimentos bonitos, à procura do passo certo, firme e decisivo. Porque às vezes ando para a frente e outras ando para trás mas se estou num sítio é, essencialmente, porque o quero.

Tem gargalhadas espontâneas. Tem sal na boca. Tem pernas e pele. Tem o mar mais azul. Tem cobertores e almofadas. Tem dança. Tem bocejos. Tem abraços e chuchas. Tem regressos. Tem uma casa. Tem pessoas. Tem um primeiro colo. Tem um beijo. Tem ervas junto ao rio. Tem um jantar. Tem pedaladas de bicicleta. Tem suor partilhado. Tem línguas. Tem um copo na mão. Tem sorrisos, muitos sorrisos, de muitos jeitos. Tem letras num papel. Tem um labirinto. Tem um jardim. Tem um hotel e um carro à porta.

Tenho 24 frames e um segundo completo de filme de vida. Já perto do final do ano encontrei o primeiro frame do próximo segundo.
Mas ainda posso mudar de opinião ao longo destes últimos dias de 2009. Espero bem que não.

2 comentários:

Ana Patrícia disse...

Muito bonito!
Beijinhos

Ela adormecida disse...

fantástico "momento" :) adorei as palavras.

2010 espera-te. Que haja triliões de frames para registar toda a vossa vida, todos os vossos momentos. no plural, pois claro ;) E olha que vai haver muuuuuuitos bons momentos!