sábado, 20 de fevereiro de 2010

Esse número é repetido...

E como é que sabemos que a Playboy portuguesa é a ovelha negra da grande família criada com tanto amor por Hugh Hefner?

Quando a gaja da capa já apareceu nua de todas as formas e ângulos, em todas as publicações nacionais e internacionais e, desconfio até, que nas menos prováveis. Tipo Diário Económico.

Sugiro que mudem o símbolo para uma ovelha... ranhosa. E preta.

Nota 1- Já desconfiava da sua mediocridade quando colocaram Ricardo Araújo Pereira em destaque, mas quis dar um desconto.

Nota 2 - Não, não sou mais uma das muitas mulheres ressabiadas com as publicações do género. Sou até a primeira a pegar na revista, para escândalo do meu mui amigo Sr. Rosa e fantasia do meu mui admirador Rui. Do quiosque, claro.

1 comentário:

Soraia Alves disse...

ahahah nós até q gostávamos de ver a Playboy xD