sábado, 20 de fevereiro de 2010

O meu coração romântico recomenda:

An Education provou-me que são precisos apenas dois minutos em cinema para nos fazer viver, literalmente, uma chuva de sentimentos inenarráveis. E se não chegassem, tinha várias oportunidades ao longo dos outros 93, que nos transportam naquela suavidade responsável por um sorriso permanente nos lábios e um duradouro aperto no coração.
E depois, Paris, sempre e ultimamente Paris. Uma cidade maldita que não me seduziu à primeira ida, somente porque ainda não existia em mim a vontade de despertar para o que realmente importa neste mundo. Em An Education, foi a vez do Sena, dois copos de vinho e um aprumo de toilette me darem a volta às entranhas, ali para os lados do coração. E fez-me desejar que a tolice natural do 16 anos, só desta vez, desse certo. Fez-me torcer para que as viagens pela Europa, os jantares em bons restaurantes, umas gotas de Channel e um pezinho de dança nas melhores festas da cidade, rodopiando nas mãos de um sedutor mal intencionado fossem, só desta única vez, um destino, e não um caminho para uma eventual desgraça.

4 comentários:

AP disse...

Andamos em sintonia cinéfila. Esse filme anda na minha lista de espera exactamente por achar que é daqueles cuja mensagem não nos deixa indiferente.

Gostei bastante da descrição que fizeste. Apeteceu-me perguntar-te a que te referias de importsante quando disseste:
"Uma cidade maldita que não me seduziu à primeira ida, somente porque ainda não existia em mim a vontade de despertar para o que realmente importa neste mundo".

E, por fim, adorei a expressão: "me darem a volta às entranhas, ali para os lados do coração".

Paloma disse...

bem, vou-te dar uma pista: fui a Paris numa viagem escolar. Estava focada nas amizades e muito menos na cidade. =D
A sério, vê o filme =) Lindo. Ah, e já te disse que este ano vou a Paris? =P Vou vou!

AP disse...

Sim, tinhas dito eheheheh Vais divertir-te imenso, deve ser lindo eheheh :)

Depois conta como correu :)
Beijinhos

Ela adormecida disse...

Confesso: perdi-o no cinema... :( deixei-o escapar. sem querer... mas já está num pc algures entre aqui e ali :P beijinhos