sábado, 10 de julho de 2010

Rescaldo Alive dia 8

Eu não pago concertos para ver a quilómetros de distância e por um ecrã. É chato. Por isso, se achavam que não via - no mínimo - La Roux na fila da frente, enganavam-se. Eu já ia encantada e com o balanço dos The XX (maravilhoso espectáculo), por isso foi muito fácil empurrar umas meninas que quiseram comprar a luta. Isto do nosso primeiro concerto não ter sido no Festival Panda tem os seus frutos e, resistente como sou a moches, biqueiradas e todos os rituais que vivi nos concertos punk, lá dancei com a fascinante - giríssima - Elly Jackson ali, do lugar mais privilegiado que podia.
No fim, dei-me por contente pelo cancelamento dos concertos no Lux. Foram vezes de mais as que acabei escoltada até à porta pelo segurança (diz que a heterossexualidade é uma coisa feia, por lá), e o mais certo era nem ter conseguido ver os meninos da electropop até ao fim. 
Saí cansada mas fresquinha para ver o divertidíssimo concerto de Faith no More, deixando-vos um pequeno vislumbre do que se passou:



8 comentários:

Dora disse...

Epá muito bom! Grande Mike!

Nuno disse...

O Mike é um Senhor!

caracóis disse...

Epa foi lindo! Este homem é um fenómeno!!!!
C-L

AP disse...

Ele é brutal!!

Alice disse...

foi maravilhoso :D desculpa a seca que dei. És um amor* :)

Paloma disse...

Ca nada, Alice, sempre às ordens! Tu é que foste 5*! (Xiii, olha a troca de galhardetes!)

Beijo

Soraia Alves disse...

eheheheh foi mt nice esse concerto :D

Paloma disse...

Oh, se foi solangel!!!