quarta-feira, 30 de junho de 2010

Conversas de farmácia

Dona de cadela operada a um tumor - Deitei-me no chão e dormi ao pé da cadela... blábláblá. Estive três horas a tratar-lhe da costura... blábláblá. Vou dar 500 euros por mês para a quimioterapia da cadela... blábláblá. Eu pago impostos, o Estado devia de pagar a quimioterapia da cadela... blábláblá.

Eu gosto de animais, sempre tive animais. Já deixei de jantar quando o meu passarinho fugiu; quando o meu gato preferido morreu chorei que não parava mais; há um mês a veterinária abateu a minha gata e eu fiquei destroçada; e até hoje me culpo pela minha falta de destreza em salvar o peixinho suicida.
Mas não suporto estas conversas. Principalmente, quando rematam com um «Gosto mais de animais do que de pessoas», como oiço muitas vezes por aí e, claro está, como terminou a conversa da Dona de cadela operada a um tumor.
É caso para se me arrepiarem os pêlos. Acho que só se pode estar muito desencantada com as qualidades próprias para se dizer isso. Por isso, fartei-me de rir com o cliente seguinte:

Dono de cão que queria desparasitar-se - Olhe, é verdade que nos devemos desparasitar?
Farmacêutico - Vive com animais?
Dono de cão que queria desparasitar-se - Não, eu viver, vivo com a minha mulher. Tenho é um cão lá em casa.

Apeteceu-me gritar para o farmacêutico: Oh Yeaaaaaaah, toma que já almoçaste!

Nota - Apredrejem-me de críticas, ó amiguinhos fanáticos dos animais.

6 comentários:

caracóis disse...

lololol muito bom!
eu sou uma "fanática por animais" e choro desalmada cada vez que morre um gato lá no quintal dos meus pais, mas a resposta do senhor que se queria desparasitar foi o máximo!!!!
C-L

Dora disse...

I am not an animal person!

Caia disse...

Foi uma boa resposta, sem dúvida :)

Gabriela... disse...

Olha aqui vão 6 pedradas minhas (1 por cada gato que tenho aqui em casa) e já agora informem o sr. que se queria desparatizar que deve sim senhora desparazitar-se também.
Não porque tem animais em casa mas porque todos se deviam desparasitar graças à comida que ingerimos muitas vezes pior do que o simples facto de viver com animais!
E é verdade, eu gosto mais de animais do que muita gente que me rodeia...
hehehehe

Paloma disse...

Eheh, epá, eu já tive onze gatos, não me venham dizer que não gosto de animais. e não eram daqueles de rua, que só vinham a casa de vez em quando. eram onze gatos meus! =D Estou reduzida a uma, agora. Como disse, gosto muito de animais, só me enerva um pouco é fanatismos... mas de todo o tipo. beijinhos a todas e obrigada pelos comentarios!

Margarida disse...

concordo com voce miss paloma...e tb ja tive resmas de gatos e gatinhos q adoro mas continuo a achar verdadeiros "camelos" (cm sugere a foto:) quem profere tais barbaridades que sao inofensivas mas têm um je ne sais quoi que me incomoda...