quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

T2 para um e meio: na fila do MacDonalds

Estamos à espera do Sundae. Um de caramelo, um de chocolate. Põe-se ao nosso lado uma anã. Prevejo bronca.
O Um não resiste. Começa por se pôr em bicos dos pés e a medir forças, que é como quem diz, centímetros, com a senhora. Discretamente, começo a empurrá-lo para baixo. Olha-a de cima. Oito anos e mais alto que um adulto. Que é que se quer mais para afagar o ego? Recebemos os Sundaes, vamos embora.

Um - Mãe, aquela senhora era anã?
Meio - Era.
Um - Nunca tinha visto nenhuma...
(...)
Um - Mãe?
Meio - Sim?
Um - Ela tinha uma voz mesmo estranha.
Meio - Diferente. Tinha uma voz diferente. Como todos nós.
(...)
Um - Mãe?
Meio - Simmmm? (Sim, as mães também perdem a paciência)
Um - Os anões são de outra espécie?
Pergunto-me onde que raio vão buscar estas ideias!
Um - Há um no Senhor dos Anéis que... (blábláblá. Desligo)
Já sei onde vão buscar estas ideias.

6 comentários:

Lurdes disse...

Depois de umas boas lágrimas de tanto rir cheguei à conclusão que tiveste sorte em... os comentárioa não serem em voz alta e directos para a senhora...do mesmo não me safei eu...noutros tempos... com a tua irmã...

Ela adormecida disse...

ahahaha! adoro* :D

BomDiaLua disse...

LINDO!!! ahahah
...e a culpa é dos hobbits do "Senhor dos Anéis"!!!

Soraia Alves disse...

adoro ler estes diálogos entre o um e o meio :)

Ana Patrícia disse...

Maravilhoso ;)
Beijinhos para os dois :)

Francisco Jamess disse...

huauhahuahuahuauhua muito bom.

Gimli suscitando dúvidas nas crianças.